marketing

A foto do vômito

A foto do vômito

A empresa Eurofund tem um plano complementar para devastar e rapinar o monte de Cabral. Para além do suborno à corporação municipal e ao governante PPSOE, quer ter uma imagem limpa e inclusive caritativa. Deste jeito vendem a Vigo que são as novas irmãzinhas da caridade, após que as do Bairro do Cura foram enviadas ao quinto pino.
Minutos depois de se reunirem com a máfia marula do auto-denominado “clube financeiro”, fumarem lá uns charutos, tomarem uns brandis, e botarem umas risas com os amos da aldeia enquanto desenham como vai ser o seu Vigo, foram tirar uma foto com o presidente da Confederação Galega de Pessoas com Deficiência.
Não estenderam um cheque, nem domiciliaram recibos por valor de 20 euros como fazem outros: a sua apertada agenda não lhes permitiu mais que a foto. Por isso outros colectivos de exclusão social (imigrantes, indigentes, doentes…) que eles denominam dentro das suas reuniões como “pobretões” não puderam ter a honra de se fotografar com eles, com os Amos.
Não tinham tempo para mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>