Arquivo da tag: BNG

Josu Jon Imaz na porta giratória

Josu Jon Imaz foi Presidente do PNV de 2004 a 2008. A cara amável que sucedeu ao “enfant terríble” Xabier Arzalluz. O seu talante inclusivo e dialogante não foi suficiente para desactivar o ódio do PP, que lhe tem declarada a guerra ao nacionalismo basco.
A fúria do nacionalismo espanhol cara ao basco não é só uma reação à violência da ETA, nem tampouco ao facto de este aspirar a um Estado fora do espanhol. O que indigna ao nacionalismo espanhol e o faz irreconciliável com uma Esuskal Herria livre é que o nacionalismo basco, tanto na sua origem como no seu desenvolvimento foi capaz de conceber uma organização social à margem do Estado e do sistema capitalista, uma organização que não renunciou à riqueza humana da sociedade tradicional e que incluía economias cooperativas, redes escolares e de ajuda, etc. De aí a desqualificação que recebeu de “clerical”, “tradicionalista” e “retrógrado”.
O PNV capilarizou a sociedade até tal ponto que veio resultar um modelo de democracia real fronte à estrutura do Estado, conseguindo na descentralização autonómica de este nos anos 80 um alto degrau de soberania e sustentabilidade cidadã. Mas na sua adaptação ao capitalismo acabou formando parte do sistema e da trama económica do Estado espanhol, como demonstra com claridade o abandono da política profissional pola porta giratória cara a REPSOL realizada por Josu Jon Imaz em 2008. A devastadora crise económica e o começo da queda do sistema capitalista na sua versão bem-estarista que veio a seguir, não devolveu o PNV ao seu ideal. Bem assentados na política profissional competem nesta polo poder delegado das grandes corporações e capitais que são os partidos politicos. Nesse caminho da política profissional encontraram a esquerda abertzale no seu caminho de volta da violência; e encontraram, como não, partidos galegos fracassados que lhes fazem de acólitos: CXG e BNG.